E-COMMERCE FATURA R$ 21 BILHÕES NO 1º SEMESTRE, SEGUNDO EBIT

A alta foi de 7,5% frente ao mesmo período do ano passado

As vendas do comércio eletrônico somaram R$ 21 bilhões no primeiro semestre de 2017, um crescimento de 7,5% na comparação com igual período do ano anterior, conforme dados do relatório WebShoppers, da Ebit.

O número de pedidos nas lojas online cresceu 3,9% na comparação anual, chegando a 50,3 milhões entre janeiro e junho deste ano. Já o tíquete médio das compras aumentou 3,5%, para R$ 418.

A expectativa da Ebit é de um crescimento mais acelerado na segunda metade do ano.

 

 

A projeção considera que entre julho e dezembro as vendas deverão aumentar entre 12% e 15% na comparação com os mesmos meses de 2016. Com isso, o mercado de comércio eletrônico deve fechar 2017 com 10% de alta no faturamento acumulado ante o ano anterior.

 

Os principais setores que tiveram crescimento de faturamento foram: telefonia (22,3%), eletrodomésticos (18,8%) e eletrônicos (9,6%). Já no share de pedidos, moda e acessórios saíram na frente com 14,8%, seguidos de saúde, cosméticos e perfumaria (12,2%) e casa e decoração (10,6%).
 
 O crescimento das vendas via smartphones e dispositivos móveis também foi um dos destaques do relatório Webshoppers 36. A expansão registrada no primeiro semestre de 2017 foi de 35,9% – nove vezes maior do que o volume de pedidos o mercado – registrando um share de 24,6% de todas as vendas do mercado.
 
 
 
 
RECEBA NOSSA NEWSLETTER